Os benefícios de usar ERVAS AROMÁTICAS

As ervas e especiarias, podem servir para a confecção das suas refeições favoritas. As especiarias são também muito benéficas para a saúde e podem dar muito sabor e aroma na sua cozinha. Conheça algumas das ervas e especiarias e as suas principais características.



Cozinhar com especiarias e ervas aromáticas é muito saudável e é recomendado o seu uso, em troca de condimentos menos saudáveis, como o sal, por exemplo. As ervas aromáticas podem ser compradas inteiras ou em pó. Para conservar o seu cheiro e sabor, devem ser trituradas momentos antes de serem cozinhadas. Além das suas características aromáticas e do seu óptimo sabor, são também muito utilizadas como tratamento natural para dores e outros problemas de saúde. Conheça neste artigo as características de algumas ervas aromáticas e especiarias.

Coentros

Muito usados na cozinha portuguesa, são também muito populares na cozinha mexicana e indiana. Os coentros podem ser utilizados de forma natural, secos ou em sementes e têm um sabor muito intenso, principalmente quando estão frescos. Esta erva combina muito bem com pratos de arroz e tomate e com muitos outros pratos. Os coentros são muito benéficos nas dores do estômago e na redução do colesterol do sangue e pensa-se ainda que são importantes na estimulação de enzimas que combatem o cancro.

Louro

O cheiro e principalmente o sabor do louro é único. Usado em quase todo o tipo de pratos, uma folha de louro pode fazer a diferença, dando paladar a pratos de carne, de sopa e muitos outros cozinhados, ficando bem em praticamente qualquer prato. O louro é conhecido também por facilitar a digestão e pode ainda ser usado como repelente natural: coloque uma folha de louro nos recipientes do arroz, farinha, feijão, etc, e nunca mais terá aqueles famosos bichos que estragam os alimentos.
Folhas de orégãos

Orégãos

Também conhecidos como manjerona silvestre, os orégãos são uma erva com grandes qualidades aromáticas. Muito usados nas pizzas, ficam muito bem em pratos de vitela, cabrito, aves e muitos outros. Possuem propriedades antioxidantes e são aconselhados no combate de inflamações e ajudam ainda no problema de aerofagia (excesso de ar no estômago).

Tomilho

Esta erva tem um sabor delicioso, principalmente quando é usado fresca. Rico em ferro e cálcio, o tomilho fica muito bem em saladas e sopas mas também em pratos de carne e peixe. Esta especiaria é eficaz a melhorar problemas respiratórios e torácicos, como a tosse e a bronquite, mas também é muito eficaz para ajudar a vesícula preguiçosa e problemas de digestão lenta.

Cravinho

Além do seu aroma, que muitos dizem ser parecido a um consultório médico, o cravinho tem inúmeras aplicações médicas. Fica bem em qualquer guisado e também combina muito bem com fricassé.  As suas propriedades assemelham-se a um anestésico natural e é um excelente anti-inflamatório. É ainda conhecido por ajudar na prevenção de tromboses e coágulos. O extracto do cravinho, o eugenol, é muito utilizado na medicina dentária, devido às suas excelentes propriedades anti-cépticas. Os botões da flor do cravinho são também ricos em nutrientes, como o magnésio, cálcio e vitamina C.
Gengibre

Gengibre

O sabor do gengibre é de frescura e picante. É um excelente condimento para usar em refogados e guisados, aumentando o sabor dos vários ingredientes. Seco, o gengibre é também usado em bolos e também no caril. As suas propriedades antioxidantes ajudem na prevenção de doenças cardiovasculares e cancerígenas. É também muito eficaz para eliminar as náuseas e o enjoo do movimento.

Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares