10 Superalimentos Adicionáveis A Todas As Comidas


Conheça 10 alimentos versáteis que são facilmente adicionáveis à sua dieta. Para além das propriedades saudáveis, vão acrescentar novos sabores à sua memória gustativa.


Levedura nutricional - A levedura nutritiva é uma levedura inativa feita a partir de cana-de-açúcar e melaço de beterraba. Tem um sabor a queijo e ostenta oito a dez gramas de proteína por cada duas colheres de sopa. Tem exatamente a mesma funcionalidade do queijo parmesão. Pode usar a levedura nutricional para criar um efeito cremoso nos seus molhos. Pode ainda utilizá-lo para polvilhar legumes cozidos a vapor.


Palmaria palmata - Esta alga comestível, também conhecida por dulse, é rica em vitaminas e sais minerais. O seu alto teor de iodo ajuda ao correto funcionamento da tiróide. É vendida em supermercados sob a forma de flocos. Pode ser usada como tempero, sendo um perfeito substituto do sal.



Alfafa - A alfafa (Medicago sativa) é uma planta medicinal também conhecida como lucerna. Possui uma grande quantidade de proteínas e poucas calorias. É altamente nutritiva, traz benefícios para a glândula pituitária (hipófise), alcaliniza o corpo rapidamente e desintoxica o fígado. Esta planta possui propriedades medicinais para combater a halitose (mau-hálito). A alfafa, além de ser rica em clorofila e cálcio, possui vitamina C, vitamina K, ácido fenólico, ácido fólico, cobre, fósforo, manganês, ferro, zinco, flúor e várias outras substâncias benéficas. Possui propriedades antioxidantes e ajuda a diminuir os níveis de colesterol, reduzindo o risco de aterosclerose. O ácido fenólico ajuda a prevenir a formação de coágulos sanguíneos, reduzindo a incidência de doenças cardiovasculares. Os carotenoides previnem o surgimento de doenças degenerativas nos olhos e podem também ajudar a prevenir o aparecimento de alguns tipos de cancro e doenças do coração.



Chia - As sementes de chia podem ser usadas na confeção de pão, saladas, sobremesas e até em alguns pratos principais. São ricas em fibras solúveis e proteínas. Por outro lado, regulam o nível de açúcar no sangue. Contêm ainda diversos antioxidantes e um enorme aporte de ómega-3.


Alho - Amplamente difundido na cozinha portuguesa - e mediterrânea - o alho é um antibiótico e antibacteriano natural. Pode ser usado em todo o tipo de pratos. Um estudo do Los Angele Biomedical Research Institute do Harbor-UCLA Medical Center (EUA), revelou que o extrato de alho envelhecido é eficaz na prevenção do Acidente Vascular Cerebral (AVC), a doença que mata mais portugueses. O alho reduz a placa de ateroma e o colesterol LDL, um dos principais fatores de risco do AVC.


Sementes de abóbora - São uma enorme fonte de minerais, menos ricas em gordura do que as amêndoas e com propriedades antifúngicas e antivirais. Mastigue-as bem para facilitar a sua digestão. Estas semente não devem, no entanto, ser consumidas em excesso porque são altamente calóricas. São ideais para o pequeno-almoço e podem ser adicionadas, por exemplo, à granola, aveia ou outros cereais. Misture-as também em saladas.


Agrião - Este vegetal liderou uma lista de alimentos poderosos de um estudo realizado por investigadores da Universidade William Paterson, em Nova Jérsia, que mediu a densidade nutricional dos alimentos. O agrião é considerado por muitos especialistas como o alimento mais equilibrado. Tem vitamina C e propriedades anti-inflamatórias.


Espinafre - Outro vegetal extremamente rico em cálcio é o espinafre. Devido ao seu sabor e textura subtil, este pode ser adicionado a muitas refeições sem que sequer o detete. O espinafre é uma excelente fonte de vitaminas e sais minerais, fibras e proteínas, e é pobre em calorias. Investigadores da Universidade de Lund, na Suécia, provaram num estudo publicado na revista científica “Appetite”, que a ingestão de um extracto de espinafres rico no composto "tilacóide", presente nas membranas das folhas, é capaz de reduzir a fome hedónica, ou seja, o desejo de comer "fast-food", doces ou alimentos pouco saudáveis.


Pinhão - Esta semente contém um fruto que suprime o apetite e aumenta a energia, entre outros benefícios para a saúde, de acordo com um estudo da Shippensburg University. São uma excelente fonte de manganês, um potente protetor contra os radicais livres.


Pó de Cacau - Um estudo norte-americano revela que os antioxidantes presentes no cacau podem reverter o perda natural da memória, associada ao envelhecimento. A investigação foi publicada na “Nature Neuroscience”. Por isso, use pó de cacau não processado - ou seja, sem açúcares adicionados - no leite ao pequeno almoço ou com pimentão ao almoço, por exemplo. Vai gostar do sabor exótico.






Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares