Fortaleça A Memória

<strong>Coma chocolate: Um estudo da Universidade de Columbia revelou que comer chocolate pode atrasar o processo de perda de memória associado ao envelhecimento. Os investigadores observaram 40 adultos entre os 50 e 69 anos e descobriram que aqueles que beberam uma mistura de cacau todos os dias durante três meses tiveram melhores resultados nos testes de memória e mostraram mais atividade na área da cérebro ligada à memória.</strong><br><p> <strong>Leia ainda: <a href="http://moodmagazine.pt/o-que-comer-na-praia/">O que comer na praia?</a> </strong> </p> <p> <strong>Leia ainda: <a href="http://moodmagazine.pt/factos-comprovados-sobre-nutricao/">Factos comprovados sobre nutrição</a> </strong> </p>


Coma chocolate: Um estudo da Universidade de Columbia revelou que comer chocolate pode atrasar o processo de perda de memória associado ao envelhecimento. Os investigadores observaram 40 adultos entre os 50 e 69 anos e descobriram que aqueles que beberam uma mistura de cacau todos os dias durante três meses tiveram melhores resultados nos testes de memória e mostraram mais atividade na área da cérebro ligada à memória.

<strong>Cometa erros: Um estudo recente da Universidade de Toronto descobriu que beneficiamos de pequenos erros. Durante testes de memória, os participantes recordaram com mais facilidade determinada resposta que já tinham errado antes. Por outro lado, tentar adivinhar à toa uma resposta não mostrou trazer benefícios. Os cientistas só viram melhorias na memória quando os participantes davam palpites com fundamento.</strong><br><p> <strong>Leia ainda: <a href="http://moodmagazine.pt/o-que-comer-na-praia/">O que comer na praia?</a> </strong> </p> <p> <strong>Leia ainda: <a href="http://moodmagazine.pt/factos-comprovados-sobre-nutricao/">Factos comprovados sobre nutrição</a> </strong> </p>
Cometa erros: Um estudo recente da Universidade de Toronto descobriu que beneficiamos de pequenos erros. Durante testes de memória, os participantes recordaram com mais facilidade determinada resposta que já tinham errado antes. Por outro lado, tentar adivinhar à toa uma resposta não mostrou trazer benefícios. Os cientistas só viram melhorias na memória quando os participantes davam palpites com fundamento.


<strong>Faça exercício físico: Cientistas de Vancouver fizeram exames a mulheres que corriam risco de demência e descobriram que estas beneficiaram de um programa de exercícios físicos simples de seis meses. Das 86 mulheres observadas, as que entraram no programa de exercícios mostraram melhorias significativas na memória verbal e espacial, ou seja, a capacidade de recordar palavras e de recordar onde colocaram determinados objetos.</strong><br><p> <strong>Leia ainda: <a href="http://moodmagazine.pt/o-que-comer-na-praia/">O que comer na praia?</a> </strong> </p> <p> <strong>Leia ainda: <a href="http://moodmagazine.pt/factos-comprovados-sobre-nutricao/">Factos comprovados sobre nutrição</a> </strong> </p>


Faça exercício físico: Cientistas de Vancouver fizeram exames a mulheres que corriam risco de demência e descobriram que estas beneficiaram de um programa de exercícios físicos simples de seis meses. Das 86 mulheres observadas, as que entraram no programa de exercícios mostraram melhorias significativas na memória verbal e espacial, ou seja, a capacidade de recordar palavras e de recordar onde colocaram determinados objetos.
<strong>Beba chá verde: Além de ser um drenante natural, o chá verde parece ter efeito na memória. No ano de 2014, um estudo da Universidade de Basel descobriu que os homens que bebiam chá verde tiveram melhores resultados em testes de memória.</strong><br><p> <strong>Leia ainda: <a href="http://moodmagazine.pt/o-que-comer-na-praia/">O que comer na praia?</a> </strong> </p> <p> <strong>Leia ainda: <a href="http://moodmagazine.pt/factos-comprovados-sobre-nutricao/">Factos comprovados sobre nutrição</a> </strong> </p>


Beba chá verde: Além de ser um drenante natural, o chá verde parece ter efeito na memória. No ano de 2014, um estudo da Universidade de Basel descobriu que os homens que bebiam chá verde tiveram melhores resultados em testes de memória.

<strong>Beba com moderação: Esta dica pode surpreender mas a verdade é que investigadores da Universidade do Texas descobriram que o consumo moderado de álcool pode estar relacionado com melhorias na memória de eventos. Um estudo com adultos com mais de 60 anos sem indicação de demência mostrou que beber moderadamente está associado a um maior volume do hipocampo cerebral, a área responsável pela consolidação da memória a curto e longo prazo.</strong><br><p> <strong>Leia ainda: <a href="http://moodmagazine.pt/o-que-comer-na-praia/">O que comer na praia?</a> </strong> </p> <p> <strong>Leia ainda: <a href="http://moodmagazine.pt/factos-comprovados-sobre-nutricao/">Factos comprovados sobre nutrição</a> </strong> </p>


Beba com moderação: Esta dica pode surpreender mas a verdade é que investigadores da Universidade do Texas descobriram que o consumo moderado de álcool pode estar relacionado com melhorias na memória de eventos. Um estudo com adultos com mais de 60 anos sem indicação de demência mostrou que beber moderadamente está associado a um maior volume do hipocampo cerebral, a área responsável pela consolidação da memória a curto e longo prazo.







Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares