Sumo De Laranja Ou Leite? Um Deles É Melhor Ao Pequeno-Almoço






O pequeno-almoço assume-se com a principal refeição do dia não só por quebrar um jejum de longas horas, mas também por servir de combustível para organismo, atuando como principal fonte de energia para o dia.

Por ser uma refeição importante, o pequeno-almoço deve ser o mais equilibrado e variado possível, contudo, na hora de escolher uma bebida, as opções recaem quase sempre em quatro: café, chá, leite ou sumo de laranja.

Se o chá uma boa opção por promover a hidratação do corpo - embora exista sempre o risco de tingir os dentes -, o café pode ser uma bebida demasiado agressiva para se beber pela manhã, especialmente se ainda se estiver em jejum e a ingestão de alimentos sólidos for pouca ou nenhuma.

Mas, e no que diz respeito ao leite e ao sumo de laranja? Pois bem, a revista Women's Health colocou as duas bebidas preferidas dos norte-americanos lado a lado e definiu aquela que é a melhor opção, embora, na verdade, não exista uma má opção entre as duas.

Comecemos pelo sumo de laranja. Quando feito na hora, o sumo de laranja é uma excelente fonte de vitamina C, embora possa ser uma opção calórica e demasiado ácida para os dentes, podendo desgastá-los quando consumido diariamente. Já quando em causa está um sumo pré-confecionado ou de pacote, ao potencial desgaste dentário acresce a quantidade elevada de açúcar que é adicionado à bebida para que esta fique mais agradável e duradoura, podendo resultar numa opção ainda mais calórica e com consequências para a saúde a médio prazo.

No que diz respeito ao leite, escreve a publicação, esta bebida oferece 20% da dose diária de proteína e ainda um terço das necessidades diárias de cálcio, contudo, tudo depende do tipo de leite: se falarmos de um leite gordo, este porta ainda uma quantidade demasiado elevada de gorduras saturadas, já um leite magro fica aquém dos valores nutricionais desejados. O leite meio-gordo é a melhor opção, podendo as pessoas alternar ainda com o leite vegetal, embora os valores nutricionais variem consoante a proteína usada para a confeção da bebida.

Então, qual dos dois é melhor para o pequeno-almoço? Segundo o médico Yanfeng Ren, o leite é uma alternativa mais sensata porque contém mais cálcio e além de não desgastar os dentes, consegue mesmo reforçá-los. Contudo, há que optar pelo leite orgânico, isto é, aquele que não foi alvo de pesticidas, antibióticos ou fertilizantes, componentes usados regularmente na produção da bebida e que têm implicações diretas na saúde hormonal das pessoas.

De acordo com o médico, o leite meio-gordo orgânico oferece 75% de betacarotenos (antioxidantes) e ainda 50% de vitamina a mais do que o leite industrial. Os níveis de ácidos gordos são também melhores.

Mas, como em tudo na alimentação, moderação e variedade são as palavras de ordem, por isso, o médico aconselha a que se alterne a bebida da primeira refeição da manhã, dando ao organismo um maior leque de nutrientes.




Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares