Quatro dicas de beleza "low cost"

Alguns conselhos a ter em conta para cuidar do seu bem-estar sem fazer mossa no seu orçamento.

Quatro dicas de beleza 'low cost'

Com os orçamentos mais apertados para dedicar a idas ao cabeleireiro ou a ginásios, muitas mulheres deixaram de os frequentar. O preço dos produtos de beleza é também muitas vezes, demasiado alto, o que não convém num orçamento, já de si apertado. Mas não tem de sacrificar a sua beleza e bem-estar por motivos financeiros. O Saldo Positivo deixa-lhe alguns conselhos para fintar este problema apresentando-lhe algumas soluções 'low cost'.


1. Ginásios 'low cost':

Alguns ginásios aproveitaram a crise para criarem novos modelos negócios. Se quer fazer exercício e manter-se em forma, sem ser preciso gastar muito dinheiro, os ginásios 'low cost' são uma boa opção. No entanto, saiba que se aderir a estes ginásios provavelmente não vai conseguir usufruir de alguns serviços que se encontram nos ginásios tradicionais (ex: jacuzzi, sauna ou piscina). Além disso, em alguns ginásios para usufruir dos preços mais baixos terá de concordar com o horário imposto. Para quem trabalha e não tem muito tempo disponível, nem sempre esta solução é a melhor. Contudo, poderá sempre recorrer ao seu grupo de amigos e organizar caminhadas ou corridas para se manter em linha.


2. Esteja atenta à internet:

Se preferir utilizar o seu dinheiro na compra de produtos de beleza, saiba que existem alguns sites na internet onde o poderá fazer e ter direito a vários descontos. Por exemplo, na Skin.pt encontra todos os produtos disponíveis em qualquer farmácia a preços mais acessíveis, sendo que numa segunda-feira de cada mês alguns produtos selecionados têm descontos até 50%. Outro exemplo é o portal Glamourosa que contém produtos de alta cosmética, com preços interessantes, o que poderá ajudá-la a poupar quando preferir marcas mais conhecidas. Sempre que fizer compras pela internet não se esqueça de se certificar que se trata de um site seguro e de se informar previamente sobre os custos com portes, os prazos de expedição e as condições de devoluções e reembolso da empresa. Mas não se limite à internet: esteja também atenta às promoções e dias de desconto que muitas perfumarias tradicionais realizam.


3. 'Cabeleireiros low cost':

Os cabeleireiros low cost também nasceram com o aparecimento da crise. Muitos destes estabelecimentos têm campanhas diárias de promoções para os seus serviços, onde conseguirá arranjar o seu cabelo sem pagar muito. Se preferir, poderá também levar os seus próprios produtos, o que irá resultar numa descida do preço.


4. Tratamentos faciais caseiros:

Se é adepta de máscaras faciais, saiba que pode substituir aquelas que compra, através de uma mistura de vários produtos que existem em qualquer despensa. É só pesquisar um pouco sobre quais os melhores tratamentos caseiros que se adequam melhor ao seu tipo de pele e aplicá-los no conforto da sua casa. Aveia, mel, azeite ou até sal grosso podem ser produtos que poderá utilizar no seu rosto para exfoliar a sua pele e retirar todas as impurezas. Também produtos como o óleo de amêndoas doces, por exemplo, ou a água de rosas podem ser utilizados como hidratante ou tónico de limpeza e desmaquilhante, respetivamente.

Texto e imagem extraídos Daqui




Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares