Alimentos Para Os Dias Frios


Para aumentar as defesas contra as temidas doenças do inverno, as opções alimentares devem estar concentradas em três fatores chave: alimentos antioxidantes, alimentos que ajudam a manter integra a mucosa intestinal, por esta ser a nossa primeira barreira de defesa contra vírus e bactérias, e ainda alimentos ou bebidas que hidratem o organismo. Os conselhos são da nutricionista Ana Filipa Baião, das Clínicas Em Forma.


Maçãs - Um estudo publicado no Stroke: Journal of the American Heart Association, realizado por cientistas alemães, informa que comer diariamente maçãs, peras e outras frutas e vegetais de polpa branca, como bananas, couve-flor e pepinos, pode reduzir o risco de AVC em 52%.


Sopa em excesso - Deve comer sopa, claro. Mas não coma dois ou três pratos em substituição da refeição principal. Grandes quantidades de líquidos podem ser bastante prejudiciais para uma boa noite de sono. A razão é óbvia: a meio da noite vai ter vontade de urinar, o que resulta na interrupção do seu sono.


Laranja - Para não fugir ao tradicional, começamos pela Laranja, pois os dias chuvosos, cinzentos e frios pedem o aconchego do doce deste fruto.

A Laranja é o citrino de eleição do inverno, rica em Vitamina C, previne gripes, constipações e estados febris. Aumenta as nossas defesas contra os agentes radicais livres, que perturbam o funcionamento celular.


A laranja é saciante pela sua riqueza em fibra, quando ingerida inteira; porém, quando ingerida em sumo, pode perder parcialmente as suas melhores características nutricionais: a fibra alimentar e a vitamina C.




Kiwi - Fruto de enorme interesse nutricional. As suas características em fibra alimentar e vitamina C, definem este fruto como o terceiro mais importante na prevenção das doenças de inverno. A vitamina C, e mais uma vez o maior agente antioxidante deste alimento. Mas, a sua ação preventiva das doenças do inverno, pode estar associada á sua função ao nível do estado da mucosa intestinal, pois o kiwi, pela sua riqueza em fibra solúvel, permite o crescimento das bactérias intestinais benéficas, assim como, pela presença de fibra insolúvel, que permite regularizar o trânsito intestinal, permitindo reduzir naturalmente a absorção de gorduras e açúcares que são tóxicos para as células do intestino, causando profundos desequilíbrios orgânicos.


Nozes e Frutos secos - A natureza é perfeita, e os frutos secos são exemplo disso mesmo. São os alimentos da época, ricos em gordura saudável (gordura monoinsaturada), gordura com ação benéfica para vários órgãos e sistemas. Gordura essencial á vida. Os frutos secos são ricos em vitamina A, E e selénio, mas, mais concretamente as nozes, o que a torna a mais antioxidantes de todos os frutos.


Gengibre - A conquistar cada vez mais adeptos, o gengibre de paladar intenso, quase picante, tem ação antioxidante, anti inflamatória e bactericida. Pode ser incluído na confeção dos pratos, saladas, em cru ou ainda em infusões. É um alimento de eleição no reforço do sistema imunitário. Sendo muito usado em chá aqui conjuntamente com a canela, o limão e o mel, fazendo uma das melhores receitas caseiras para acelerar o tratamento de gripes e constipações.


Mel e Própolis - Também conhecidos, pelos "antigos", como os antibióticos naturais. Apresentam ação antioxidante, antiviral, bactericida e anti-inflamatória. Quem nunca fez o famoso xarope de mel e limão para a garganta ?! A junção do mel ao sumo de limão, permite otimizar a presença desta vitamina, evitando que esta rapidamente se oxide.


Batata-doce - Rica em betacaroteno, vitamina A, vitamina C e minerais é um alimento de eleição pelo seu teor vitamínico e de fibras quer na confeção de sopas ou como substituto da sua congénere batata branca mas que em nada é parecida do ponto de vista nutricional.


Chás e infusões - São uma das formas mais agradáveis de nos mantermos hidratados no inverno, podendo sempre ir buscar benefícios adicionais de acordo com a erva ou ervas com as quais se faça a infusão e aí há infusões para todos os gostas e todas as maleitas, é só escolher a que mais se adequa a cada um de nós naquele momento.


Limão - A semelhança do laranja, o limão, pouco apreciado, por ser ácido e pouco doce, pode ser um forte aliado na prevenção de gripes e constipações. A presença de vitamina C, confere-lhe uma ação antioxidante, é um potente agente bactericida, age como agente equilibrador de ph, condicionando as condições micro-ambientais, ideais para que os agentes.

Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares