Temperar: MENTA/HORTELÃ





  



Menta e hortelã são dois nomes para um mesmo tipo de erva: a Mentha.







Ela pode ser usada à vontade e seu sabor e aroma marcantes dão muita personalidade às receitas. A hortelã vai bem em molhos de tomate, alcaparras, saladas e sucos, além de ser um excelente tempero para carnes. Suas folhas também podem ser usadas para decorar pratos e sucos.
Além de muito saborosa e perfumada, é rica em vitaminas C e A, cálcio e ferro, tornando sua receita ainda mais saudável. 

Utilização/Preparo:

Ervas frescas: A culinária ocidental usa a menta para dar sabor a beringelas, cenouras, abobrinha, ervilhas, batatas e tomates. A menta e o hortelã vão muito bem com carne de frango, porco e vitela e o tradicional carneiro, seja como uma marinada, em forma de geleia, molho frio com azeite, etc. O molho “paloise” (um tipo de molho béarnaise feito com hortelã ao invés de losna) é um excelente acompanhamento para peixes e aves.

Na cultura árabe a hortelã é essencial para o famoso tabule e é parte importante do mezze, uma porção de ervas frescas, saladas e legumes. No Vietnam a hortelã ou menta são adicionadas em saladas ou a pratos que acompanhem os rolinhos primavera.

No Irão ela é servida com pepinos e iogurte, como numa sopa. Os indianos usam muito em chutneys e raitas. Usam também para suavizar os temperos picantes de legumes e carnes.

Em partes da América do Sul a hortelã ou a menta são usadas em combinação com pimentas, salsinha e orégão para temperar pratos de cozimento lento. Os mexicanos usam uma pequena porção em bolinhos de carne.

A hortelã fresca fica deliciosa quando misturada a saladas de frutas. O sorvete de hortelã é tido como um dos mais saborosos e refrescantes.

Conservação:

Fresca: deve ser acondicionada em saco plástico, no frigorífico, por alguns dias. Para congelar: retire as folhas do caule e pique-as finamente. Coloque-as em uma fôrma de gelo com água e leve-as ao congelador. 

Como secar: seque ao ar livre, em local sombreado e bem ventilado, por alguns dias. No microondas: lave e seque bem as folhas. Separe-as do talo e forre o prato do microondas com papel absorvente. Espalhe as folhas sobre o papel, deixando o centro do prato livre. Leve ao micro em potência máxima entre três e quatro minutos. Seca ou em pó: deve ser guardada ao abrigo da luz, respeitando o prazo da validade.


Frango com Sumo de Laranja e Hortelã

Rendimento:
6 porções

Ingredientes:
1 kg de bife de frango
5 dentes de alho amassados
1 colher de sobremesa de hortelã picada
Sal a gosto
pimenta-do-reino preta a gosto
sumo de laranja
azeite extra virgem

Modo de preparo:
Tempere os bifes com o alho, hortelã, sal e a pimenta. Acrescente azeite em quantidade suficiente para manter os bifes húmidos. Deixe no tempero, no mínimo 1 hora. Coloque um pouco de azeite no fundo de uma panela e deixe aquecer bem. Doure os bifes, quatro ou cinco por vez, dos dois lados (não é necessário cozinhar internamente). Depois que todos os bifes estiverem dourados, volte-os para a mesma panela e cubra-os com suco de laranja. Espere levantar fervura e abaixe o fogo. Deixe cozinhar até que o molho reduza pela metade e os bifes estejam cozidos internamente. Se necessário, acrescente mais sumo. Sirva com puré de batatas e salada verde.



Texto e imagens extraídos Daqui
 


Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares