Valor nutritivo da FRUTA


Valor nutritivo da FRUTA

Pele

Também chamada epicarpo. Por receber mais radiação solar, a pele e a polpa que se encontra imediatamente abaixo dela contém uma maior proporção de vitaminas, assim como de flavonóides e outros elementos fitoquímicos

Todavia, dado que a pele é também a parte mais contaminada da fruta pelos pesticidas, recomendamos que seja deitada fora, sempre que possível, descascando a fruta. Só se deveria comer a pele das frutas provenientes de cultura biológica. 

Polpa

Também chamada mesocarpo. Juntamente com o epicarpo (pele), forma o pericarpo, que é a parte comestível da fruta.

A polpa é também muito rica em vitaminas e flavonóides, pelo que desde que a pele seja tirada com cuidado, a perda nutritiva é mínima. 

Caroço

Também chamado endocarpo. Contém a semente no seu interior. Em geral, as sementes da fruta não são comestíveis.

O que a fruta proporciona


- Água: Constitui entre 80 % e 93 % da maioria das frutas. Trata-se de uma água "viva", pura, não contaminada.

- Açúcares: Os mais abundantes são a glucose e a frutose, que passam directamente para o sangue sem precisarem de ser digeridos, pelo que proporcionam energia de maneira rápida. Algumas frutas como as laranjas, as maçãs, o melão, a melancia e a manga contém também sacarose.

- Amido: Na maior parte das frutas é muito escasso ou inexistente, porque com a maturação vai-se transformando em açúcares simples (glucose e frutose). A banana é a fruta mais rica em amido. 

- Fibra: Na sua maior parte, de tipo solúvel (pectina e hemicelulose).

- Ácidos orgânicos, como o cítrico, que potenciam a acção da vitamina C: são anti-sépticos, e produzem alcalinização do sangue e do meio interior.

- Vitaminas: Sobretudo a C e provitamina A (beta-caroteno), que são potentes antioxidantes.

- Minerais: especialmente potássio, magnésio, cálcio e ferro.

- Flavonóides, anticianinas e outros elementos fitoquímicos, que actuam como verdadeiros medicamentos evitando a arteriosclerose, fluidificando o sangue e prevenindo o cancro. 

O que a fruta não contém

colesterol,

purinas formadoras de ácido úrico,

factores antinutritivos,

substâncias tóxicas.

Vantagens da FRUTA

Fruta é sinónimo de saúde. Nenhum outro alimento tem tantas propriedades preventivas e curativas como a fruta. 

Zumos y fármacos
 
Alimento natural e saudável

- A fruta é atractiva, apetitosa, fácil de comer e refrescante. 
- Pode-se comer no seu estado natural, sem necessidade de ser cozinhada ou processada.
- A fruta fresca é um alimento vivo, em que continuam a decorrer as maravilhosas reacções químicas que constituem a vida.

Desintoxica o organismo

Ao contrário dos alimentos de origem animal, a fruta não gera resíduos tóxicos quando é ingerida e metabolizada. Na verdade, pela sua acção diurética, facilita a eliminação das substâncias residuais e impurezas do sangue, como o ácido úrico.

Regula o intestino

A maior parte das frutas são laxantes; suavizam a mucosa intestinal e facilitam a evacuação. 

Previne o cancro

Numerosas investigações mostram que quanto maior for o consumo de fruta, menor será o risco de contrair cancro, especialmente dos órgãos digestivos, respiratórios e urinários. 

Antioxidante

A fruta é a principal fonte de antioxidantes da nossa alimentação. Graças a eles, podemos evitar o envelhecimento prematuro, a arteriosclerose, o cancro e outras doenças.

Evita as doenças cardiovasculares

Segundo uma investigação efectuada numa Universidade do Reino Unido, o consumo da fruta torna-se muito eficaz na prevenção dos acidentes vasculares cerebrais (trombose e embolia) e bastante eficaz para evitar as doenças coronárias.

Fonte: A Saúde pela Alimentação, Vol.1, Dr. Jorge Pamplona Roger






Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares