Alimentos Amigos Do Coração



Não é cliché. Nós somos literalmente o que comemos. De acordo com o site ABC News, são vários os estudos que têm mostrado que até 70% das doenças cardíacas podem ser evitadas com um regime alimentar equilibrado. Conheça agora nove dos principais alimentos amigos do coração que deve privilegiar regularmente na sua dieta.


O vinho tinto contém polifenois que ajudam a manter os vasos sanguíneos flexíveis e reduzir o risco de coagulação indesejada. A cerveja preta é outra das bebidas que oferece polifenois. Delicie-se mas não abuse.


O ómega 3 presente em peixes de água fria é crucial para a saúde do coração e a sardinha é uma das espécies piscícolas que contém os níveis mais altos. Estas gorduras boas elevam o chamado colesterol bom, reduzem arritmias cardíacas potencialmente fatais e inflamações.




Os índios da tribo Kuna da costa do Panamá têm uma tensão arterial baixa invejável e, ao contrário de nós, não desenvolvem hipertensão com a idade. Norman Hollenberg, cardiologista de Harvard, estudou o caso e descobriu que beber grandes quantidades de cacau minimamente processado é essencial​​. O chocolate preto é rico em compostos chamados de flavonoides, que melhoram a flexibilidade dos vasos sanguíneos.


Prevenir a oxidação sanguínea é tão importante quanto manter níveis baixos de LDL, o chamado colesterol mau. A ingestão de romã e de sumo de romã, muito popular em países como a Turquia, bloqueia o processo, confirmam estudos internacionais desenvolvidos pela equipa de Michael Aviram, professor do Instituto de Tecnologia de Israel.


As fibras solúveis de pectina presentes na laranja agem como uma esponja, absorvendo o colesterol dos alimentos, bloqueando assim a sua apropriação por parte do organismo. Além disso, o potássio presente nesta fruta ajuda a contrabalançar o sal, mantendo a tensão arterial sob controlo.


O benefício medicinal do alho para o coração deve-se à presença de substâncias como a alicina que fluidifica o sangue e relaxa os vasos sanguíneos. Além disso, este vegetal inclui ajoene, uma substância que possui ação anticoagulante.


A couve possui uma quantidade considerável de antioxidantes saudáveis ​​para o coração, nomeadamente ómega-3, fibras, ácido fólico, potássio e vitamina E. Este vegetal é ainda rico em luteína, que surge associada à proteção contra a aterosclerose.


Um estudo internacional seguiu 12.763 pessoas nos Estados Unidos da América, no Japão e em seis países europeus durante 25 anos. Os resultados indicaram que leguminosas como as lentilhas estão associadas a uma redução de 82% no risco de morte por doença cardíaca. Isto porque este tipo de alimentos contém a proteína magra das fibras vegetais, ácido fólico, magnésio e potássio.


Os esterois presentes nas amêndoas reduzem a absorção de colesterol dos alimentos, enquanto os óleos não saturados estimulam o fígado a transformar o chamado mau colesterol em bom colesterol. David Jenkins, professor da Universidade de Toronto, recomendou aos pacientes uma dieta vegetariana que incluía amêndoas, confirmando-se uma redução do mau colesterol (LDL) na ordem dos 28,6%. Não se limite a amêndoas e aposte também nas nozes, pistácios e amendoins.

Fonte: Revista Prevenir in lifestyle.sapo.pt


Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares