Regras Para Comer Fruta

 

Fruta é sinónimo de cor, de sabor, de vitaminas, de minerais, de antioxidantes e… de açúcar.

Embora seja uma opção saudável – e ainda mais quando comparada com alimentos processados e industrializados – é preciso ter peso e medida na hora de comer fruta e na hora de misturar várias frutas, sob a pena de se ter um prato nada mais do que uma bomba de frutose.

Para ajudar na ingestão adequada de fruta – alimento fundamental para a dieta saudável e equilibrada – o site Mind Body Green revela as 10 principais regras e verdades que vão ajudar a fazer a escolha mais indicada.

1. Algumas frutas são melhores do que outras, mas tal varia de pessoa para pessoa. Em causa, diz a publicação, está o Índice Glicémico (IG) existente em cada uma das variedades, sendo que a banana, a manga e a uva são exemplos das frutas que mais facilmente fazem aumentar os níveis de açúcar no sangue.



2. A fruta pode contribuir para o consumo elevado de açúcar. Uma maçã média pode conter cerca de 19 gramas de açúcar e o seu sabor agradável e sumarento pode, na verdade, ser traiçoeiro e aumentar o apetite por outros alimentos doces. Contudo, entre uma maçã e uma barra de cereais ou um conjunto de bolachas, nada como a fruta.

3. Mas não é apenas de açúcar que se faz a fruta. Fibras e antioxidantes são duas das principais caraterísticas de uma grande parte de frutas, que incluem ainda um vasto leque de vitaminas e minerais essenciais à saúde.

4. É possível reduzir o impacto do açúcar da fruta no sangue. Comer fruta juntamente com uma fonte de proteína ou gordura saudável (como manteiga de amendoim) ajuda a que os níveis de açúcar no sangue não disparem.

5. Mas nem todas as frutas têm açúcar. O abacate,  a azeitona e o coco são frutos com açúcar, mas que passam para o lado dos alimentos ricos em gordura boa, escapando ao rótulo de hidratos de carbono.

6. Congelar fruta é sempre uma boa opção. Deve dar-se prioridade às frutas da época, mas quando apetece algo fora do vulgar, nada como recorrer a frutas congeladas noutra estação. A congelação não só não retira nutrientes como consegue, por vezes, melhorar o valor nutritivo.

7. A fruta faz bem, mas tal não quer dizer que possa comer a quantidade que quiser. Comer quantidades excessivas de qualquer alimento nunca é uma opção saudável e a fruta não é exceção, especialmente se falarmos de tipos ricos em calorias e açúcar, como banana.

8. Sumos de fruta não contam como fruta. A não ser que sejam caseiros e feitos na hora, os sumos de fruta não devem ser substitutos da fruta em si, diz a publicação.

9. Sumos de fruta criam picos de açúcar no sangue. Devido à quantidade e variedade de fruta que os sumos têm, estas bebidas conseguem fazer disparar os níveis de glicose no sangue.

10. A fruta dos iogurtes é um perigo. Está a ver aqueles iogurtes que trazem polpa de fruta? Está a consumir a mesma quantidade de açúcar do que uma barra de chocolate.


Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares