Hábitos Que Comprometem A Saúde Do Coração


© Fornecido por Notícias ao Minuto

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), mais de 94 milhões de pessoas morrem por ano devido às doenças cardiovasculares. E muitas vezes, alguns hábitos que até parecem inofensivos, podem acabar, aos poucos, com a saúde do seu coração.

Hoje, dia 17 de maio, assinala-se o Dia Mundial da Hipertensão. Abaixo, o cirurgião cardíaco do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, Marcelo Sobral, lista cinco atitudes que, se não forem controladas e tratadas, podem ser fatais para a saúde cardiovascular:

1. Ressonar. Esta condição não deve ser ignorada, pois ressonar significa que há algo de errado com a sua respiração. Pode ser sinal, por exemplo, de apneia obstrutiva do sono, quando a respiração é interrompida durante o sono e a pressão arterial é rapidamente elevada, o que é muito perigoso.
“Geralmente, as pessoas obesas ou com excesso de peso têm mais tendência a desenvolver este problema, porém, todos devem ficar atentos”, sublinha o especialista.

2. Passar horas na mesma posição. A falta de movimento é extremamente comprometedora, já que afeta a circulação sanguínea e pode aumentar os níveis de gorduras e açúcar no sangue, e consequentemente, elevar o risco de ataques cardíacos e AVC.

3. Consumir alimentos industrializados. Na lista dos maiores inimigos do coração está o o sódio - presente em grandes quantidades nos alimentos industrializados -  o que aumenta, e muito, o risco de desenvolver hipertensão. Além de outros problemas de saúde, como o mau colesterol, já que estes alimentos também são ricos em gordura.

4. Optar por bebidas light. De acordo com um estudo feito pela Associação Americana de Diabetes, o consumo de bebidas light apenas engana porque na verdade, além de possuírem um nível maior de sódio do que as versões normais das bebidas, os seus consumidores regulares tiveram um aumento de 70% na circunferência da cintura. “A medida da circunferência abdominal não deve ultrapassar os 80cm nas mulheres e os 94cm nos homens. Aqueles que apresentam medidas superiores a estas podem ter mais riscos de desenvolver doenças cardiovasculares”, explica.

5. Tomar medicamentos e fazer dieta sem acompanhamento médico. Alguns fármacos têm na sua composição psico e termoativos, que podem provocar taquicardia e hipertensão. Além disso, restringir a alimentação ao fazer dietas 'milagrosas' é um perigo para sua saúde, pois a falta de alguns nutrientes e vitaminas sobrecarrega o coração.

“É sempre necessário estar atento às ações do dia a dia que podem comprometer a saúde, porque aos poucos, sem o tratamento ou controlo dessas atitudes, o coração fica cada vez menos saudável e consequentemente, predispõe a pessoa a desenvolver doenças cardíacas mais graves. A prevenção e a vida saudável são sempre as melhores opções”, finaliza Sobral.





Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares