OS 10 PIORES ALIMENTOS PARA A SAÚDE

Saiba quais são os piores alimentos para a sua saúde e trate de os remover da sua dieta diária. São uma ameaça, acredite!



Gelados industriais - Apesar de existirem versões mais saudáveis que os tradicionais gelados industrializados, este alimento geralmente possui altos níveis de açúcar, gorduras saturadas, corantes e conservantes, muitos dos quais que possuem neurotoxinas – substâncias químicas que podem causar danos no cérebro e no sistema nervoso. Os dados científicos contidos nesta fotogaleria foram compilados pela University School of Jackson, nos Estados Unidos, e obtidos a partir de vários estudos.



Pizza - Nem todas as pizzas são más para a saúde, mas a maioria das que são vendidas congeladas em supermercados está cheia de condicionadores de massa artificiais e conservantes. Feitas com farinha branca, essas pizzas são absorvidas pelo organismo e transformadas em açúcar puro, causando aumento de peso e desequilíbrio dos níveis de glicose no sangue.




Refrigerantes - Uma lata de refrigerante possui em média 10 colheres de chá de açúcar, 150 calorias, entre 30 e 55 mg de cafeína, além de estar repleta de corantes artificiais e sulfitos. Além disso, são extremamente ácidos, o que é perigoso para os rins. Para completar, os ossos funcionam como uma reserva de minerais, como o cálcio, que são despejados no sangue para ajudar a neutralizar a acidez causada pelo refrigerante, enfraquecendo os ossos, causando osteoporose.


Hotdog - Um ingrediente encontrado tanto no cachorro-quente como no bacon é o nitrito de sódio, uma substância cancerígena relacionada com doenças como a leucemia em crianças e tumores cerebrais em bebés. Outros estudos apontam que a substância pode desencadear cancro colorretal. A carne processada e os enchidos são uma ameaça quando consumidos regularmente. Risque-os da sua dieta!

Doces com coberturas de açúcar - Entre 35% e 40% da composição destes doces constitui gorduras saturadas o pior tipo de gordura que se pode ingerir. Essas substâncias estão relacionadas com doenças cardíacas e cerebrais, além de cancro. Têm sempre à volta de 300 calorias. Tem a certeza que vai voltar a comer algum?


Salgados de milho ou batata - Desde o aparecimento dos alimentos transgénicos, a maior parte do milho que comemos é feito em laboratório. Além disso, estes salgados são fritos em óleo. Evite! Fazem mal a tudo!


Refrigerantes "Diet" - Além de possuir todos os problemas dos refrigerantes tradicionais, as versões diet contêm aspartame. Esta substância está relacionada a uma lista de doenças interminável, que vão do cancro ao Alzheimer, passando pela esclerose múltipla e fadiga crónica.


Churros ou farturas - As massas fritas, recheadas com chocolate ou doce de leite, possuem açúcar ao mais alto nível, já para não falar nas gorduras. Não queira!



Batatas fritas - Contém gorduras saturadas, relacionadas com uma longa lista de doenças, e também uma das mais potentes substâncias cancerígenas presentes em alimentos: a acrilamida, que é formada quando batatas brancas são aquecidas a altas temperaturas.


Bacon - O consumo diário de carnes processadas, como bacon, pode aumentar o risco de doenças cardíacas em 42% e de diabetes em 19%. Um estudo da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, descobriu ainda que comer 14 porções de bacon por mês pode danificar a função pulmonar e aumentar o risco de doenças ligadas ao órgão.


Fonte: Nuno Noronha in http://lifestyle.sapo.pt/





Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares