10 Ingredientes Que Podemos Substituir Nas Receitas

<p>Você já leu com certeza: "cobertura com chocolate amargo, ao leite ou branco" ou ainda "chocolate de cobertura", não? Pois bem, nada de pânico, inútil fechar seu livro de receitas, ele pode ser substituído por qualquer chocolate em tablete. Normalmente as coberturas de chocolate são usadas pelos confeiteiros e chocolateiros e têm uma quantidade mínima de 31 a 32% de manteiga de cacau. Mas para as receitas caseiras, o chocolate em tablete resolverá o problema.</p><p>Se você viu uma receita de bolo de chocolate que utiliza chocolate amargo e você quer trocar por chocolate branco, reduza a quantidade de matéria gordurosa pedida na receita, o chocolate branco é mais gorduroso que o chocolate amargo. E se você quer usar chocolate ao leite diminua o açúcar.</p>


Os chocolates:
 Já leu com certeza: "cobertura com chocolate amargo, ao leite ou branco" ou ainda "chocolate de cobertura", não? Pois bem, nada de pânico, inútil fechar seu livro de receitas, ele pode ser substituído por qualquer chocolate em tablete. Normalmente as coberturas de chocolate são usadas pelos confeiteiros e chocolateiros e têm uma quantidade mínima de 31 a 32% de manteiga de cacau. Mas para as receitas caseiras, o chocolate em tablete resolverá o problema.

Se viu uma receita de bolo de chocolate que utiliza chocolate amargo e quer trocar por chocolate branco, reduza a quantidade de matéria gordurosa pedida na receita, o chocolate branco é mais gorduroso que o chocolate amargo. E se quer usar chocolate ao leite diminua o açúcar.

Se você não tem manteiga meio-sal, não se inquiete, utilize manteiga sem sal clássica colocando apenas uma pitada de sal na sua preparação.O óleo pode muito bem substituir a manteiga derretida nas suas receitas. Não hesite em variar os óleos (azeite, girassol, grãos de uva...) para ter ainda mais sabor.A margarina pode substituir a manteiga e vice-versa.


Os ingredientes gordurosos:
 Se não tem manteiga meio-sal, não se inquiete, utilize manteiga sem sal clássica colocando apenas uma pitada de sal na sua preparação. O óleo pode muito bem substituir a manteiga derretida nas suas receitas. Não hesite em variar os óleos (azeite, girassol, grãos de uva...) para ter ainda mais sabor.

A margarina pode substituir a manteiga e vice-versa.


<p>Você utilizou todos os ovos na sua receita e você não tem mais para fazer o acabamento dourado? Nada de pânico, misture uma pitada de açúcar no leite, pincele e o resultado é perfeito. Outra solução é um pouco de manteiga derretida para fazer o efeito dourado.</p>


Dourar:
 Utilizou todos os ovos na sua receita e não tem mais para fazer o acabamento dourado? Nada de pânico, misture uma pitada de açúcar no leite, pincele e o resultado é perfeito. Outra solução é um pouco de manteiga derretida para fazer o efeito dourado.



A gelatina é frequentemente utilizada em sobremesas como doces, flans, charlottes e tantas outras sobremesas. Ela pode ser substituída pelo agar-agar. Aliás um pote de agar-agar é muito mais econômico, pois ele durará muito mais tempo do que qualquer folha de gelatina. Além do mais, ele é de origem vegetal, portanto ele pode ser utilizado sem problema pelos vegetarianos e veganos.Seu poder gelificante é 8 vezes superior àquele de uma folha de gelatina, pois 1 g de agar-agar = 8 g de gelatina (uma folha de gelatina pesa em geral 2 g). Saiba também que o agar-agar deve ser levado à fervura, antes de ser colocado na preparação, e depois esfriado. É preciso 2 g de agar-agar para ½ litro de líquido.Não espere um milagre, a textura obtida na sua receita não será a mesma. A gelatina permite uma textura macia e cremosa, enquanto que com o agar-agar ela será muito mais firme. Atenção: o agar-agar não suporta o congelamento.Por outro lado se uma receita utiliza o agar-agar, você pode muito bem substituir este último por folhas de gelatina. Lembre-se que 1 g de agar-agar = 4 folhas de gelatina.


Os gelificantes:
 A gelatina é frequentemente utilizada em sobremesas como doces, flans, charlottes e tantas outras sobremesas. Ela pode ser substituída pelo agar-agar. Aliás um pote de agar-agar é muito mais econômico, pois ele durará muito mais tempo do que qualquer folha de gelatina. Além do mais, ele é de origem vegetal, portanto ele pode ser utilizado sem problema pelos vegetarianos e veganos.

Seu poder gelificante é 8 vezes superior àquele de uma folha de gelatina, pois 1 g de agar-agar = 8 g de gelatina (uma folha de gelatina pesa em geral 2 g). Saiba também que o agar-agar deve ser levado à fervura, antes de ser colocado na preparação, e depois esfriado. É preciso 2 g de agar-agar para ½ litro de líquido.

Não espere um milagre, a textura obtida na sua receita não será a mesma. A gelatina permite uma textura macia e cremosa, enquanto que com o agar-agar ela será muito mais firme.

Atenção: o agar-agar não suporta o congelamento.Por outro lado se uma receita utiliza o agar-agar, pode muito bem substituir este último por folhas de gelatina. Lembre-se que 1 g de agar-agar = 4 folhas de gelatina.

Substitua o açúcar branco por açúcar não refinado, melhor para o organismo e cheio de bons nutrientes.A "vergeoise" (açúcar escuro proveniente da beterraba) pode ser substituída pelo açúcar ou pelo açúcar mascavo. Simplesmente você não terá o sabor dela a mais, mas é possível .Podemos também substituir o açúcar pelo xarope de agave, mas cuidado o xarope de agave tem um forte poder adoçante mas um índice glicêmico mais baixo. 100 g de açúcar corresponde a 75 g de xarope de agave. Você pode também utilizar o mel. Pense em baixar ligeiramente (cerca de 15%) a temperatura de seu forno, o mel contendo frutose e glucose, pode dar uma cor escura e colorida às suas preparações. Reduza também ligeiramente as quantidades de líquidos (leite, água...) pois o mel é constituído de 18% de água.


O açúcar:
 Substitua o açúcar branco por açúcar não refinado, melhor para o organismo e cheio de bons nutrientes. A "vergeoise" (açúcar escuro proveniente da beterraba) pode ser substituída pelo açúcar ou pelo açúcar mascavo. Simplesmente não terá o sabor dela a mais, mas é possível.


Podemos também substituir o açúcar pelo xarope de agave, mas cuidado o xarope de agave tem um forte poder adoçante mas um índice glicêmico mais baixo. 100 g de açúcar corresponde a 75 g de xarope de agave.

Pode também utilizar o mel. Pense em baixar ligeiramente (cerca de 15%) a temperatura de seu forno, o mel contendo frutose e glucose, pode dar uma cor escura e colorida às suas preparações. Reduza também ligeiramente as quantidades de líquidos (leite, água...) pois o mel é constituído de 18% de água.


Se você não tem suco de limão, não hesite em trocar pelo vinagre ou mesmo pelo vinho branco. Por outro lado, pense em dividir por dois a proporção pedida.E se você não tiver vinagre ou não gostar do gosto que este possa dar, substitua por suco de limão.Se você tiver que utilizar raspas de limão e que você não tem limão fresco, não hesite em colocar simplesmente duas colheres (de café) de suco de limão (mesmo já pronto) ou o aroma de limão.


Os acidificantes:
 Se não tem suco de limão, não hesite em trocar pelo vinagre ou mesmo pelo vinho branco. Por outro lado, pense em dividir por dois a proporção pedida.E se não tiver vinagre ou não gostar do gosto que este possa dar, substitua por suco de limão.

Se tiver que utilizar raspas de limão e que não tem limão fresco, não hesite em colocar simplesmente duas colheres (de café) de suco de limão (mesmo já pronto) ou o aroma de limão.

Para todas as <strong>receitas à base de farinha de trigo</strong>, você pode sem problema substituir a farinha de trigo por farinhas sem glúten: farinha de arroz, castanhas, etc. Utilize metade farinha sem glúten e metade maisena, seus bolos serão melhores e mais aerados.Se numa receita você precisar de <strong>maisena</strong>, você pode substituí-la por não importa qual fécula (de batatas, por exemplo) e se é simplesmente para engrossar um molho, substitua a maisena pela farinha de trigo (torre-a um pouco antes) simplesmente.Se você você deseja um bolo ou pão rico em nutrientes e sabores, prefira a <strong>farinha integral</strong> à farinha clássica. Atenção: não confundir farinha integral com farinha completa. A farinha integral é muito mais rica em vitaminas, minerais e fibras.



As farinhas:
 Para todas as receitas à base de farinha de trigo, pode sem problema substituir a farinha de trigo por farinhas sem glúten: farinha de arroz, castanhas, etc. Utilize metade farinha sem glúten e metade maisena, seus bolos serão melhores e mais aerados.

Se numa receita precisar de maisena, pode substituí-la por não importa qual fécula (de batatas, por exemplo) e se é simplesmente para engrossar um molho, substitua a maisena pela farinha de trigo (torre-a um pouco antes) simplesmente.

Se deseja um bolo ou pão rico em nutrientes e sabores, prefira a farinha integral à farinha clássica. Atenção: não confundir farinha integral com farinha completa. A farinha integral é muito mais rica em vitaminas, minerais e fibras.


Para os <strong>intolerantes à lactose</strong>, difícil encontrar receitas sem leite, não? Tenha certeza de que você pode substituir o leite por qualquer leite vegetal (amêndoas, soja, coco, arroz...).O <strong>iogurte</strong> pode ser trocado por um iogurte aromatizado para dar sabor à sua preparação (num bolo, por exemplo) e se você não o tiver, substitua-o pelo creme de leite fresco, queijo cremoso ou leite. Tudo isto depende da receita que você quer fazer (doce, salgado...).O <strong>creme de leite fresco</strong>, quanto a ele, pode ser substituído pelo leite integral, leite semi-desnatado com uma colher (de café) de farinha ou maisena ou um iogurte natural misturado a um pouquinho de leite. Esta substituição não vale para receitas de creme Chantilly.



Laticínios:
 Para os intolerantes à lactose, difícil encontrar receitas sem leite, não? Tenha certeza de que pode substituir o leite por qualquer leite vegetal (amêndoas, soja, coco, arroz...).

O iogurte pode ser trocado por um iogurte aromatizado para dar sabor à sua preparação (num bolo, por exemplo) e se não o tiver, substitua-o por natas frescas, queijo cremoso ou leite. Tudo isto depende da receita que quer fazer (doce, salgado...).

As natas frescas, quanto a elas, podem ser substituídas pelo leite gordo, leite semi-desnatado com uma colher (de café) de farinha ou maisena ou um iogurte natural misturado a um pouquinho de leite. Esta substituição não vale para receitas de creme Chantilly.


Se você não tiver <strong>fermento químico</strong> mas você tiver bicarbonato de sódio (chamado também bicarbonato alimentar), não tem problema, pode usá-lo. Conte uma colher de bicarbonato para um saquinho de fermento (cerca de 10 g) e não coloque sua pitada de sal habitual, o bicarbonato já é ligeiramente salgado. Quanto ao <strong>fermento biológico</strong>, existe sempre dúvidas entre o fermento seco e o fresco. O fermento seco sendo desprovido de água, é muito mais leve, mas quanto ao gosto, se você não tiver fermento fresco, substitua-o pelo fermento seco, não há diferença de sabor. Simplesmente o fermento fresco é mais frágil e se conserva pouco tempo. Saiba também que pesamos sempre a quantidade de fermento de acordo com a farinha. Por exemplo: 20 g de fermento fresco equivale a 7 g de fermento seco para 500 g de farinha.<p>Confira nosso artigo: <a href="http://www.receitas-sem-fronteiras.com/artigo-702-fermento-quimico-biologico-e-natural-quando-e-como-utilizar.htm">Fermento químico, biológico e natural: quando e como utilizar</a> </p>



Os fermentos: Se não tiver fermento químico mas bicarbonato de sódio (chamado também bicarbonato alimentar), não tem problema, pode usá-lo. Conte uma colher de bicarbonato para um saquinho de fermento (cerca de 10 g) e não coloque sua pitada de sal habitual, o bicarbonato já é ligeiramente salgado.

Quanto ao fermento biológico, existe sempre dúvidas entre o fermento seco e o fresco. O fermento seco sendo desprovido de água, é muito mais leve, mas quanto ao gosto, se não tiver fermento fresco, substitua-o pelo fermento seco, não há diferença de sabor.

Simplesmente o fermento fresco é mais frágil e se conserva pouco tempo. Saiba também que pesamos sempre a quantidade de fermento de acordo com a farinha. Por exemplo: 20 g de fermento fresco equivale a 7 g de fermento seco para 500 g de farinha.

Confira nosso artigo:




Os ovos:
 Os ovos têm um papel de fazer crescer os bolos, pães, brioches... Têm o papel de ligante e umidificante em certos biscoitos, quiches e tortas. Podemos precisar de substituir os ovos seja por escolha pessoal (vegetarianos, por exemplo) ou simplesmente de socorro, quando queremos fazer um bolo e não temos mais ovos em casa, etc.

Existem muitas combinações para substituir os ovos numa receita (água + agar-agar, tofu, grãos de linho + água...), mas simplifiquemos... Então você pode substituir o ovo por um purê de frutas (50 g de purê por ovo) ou bananas bem maduras amassadas ou mixadas (½ banana por ovo). Falando de purê de frutas, talvez não saiba mas com certeza pode substituir ingredientes gordurosos em suas receitas por eles.

Aliás, existe uma receita de cookies feita a partir somente de 3 ingredientes: 180 g de farinha + purê de frutas + um saquinho de fermento (10 g), aos quais juntamos frutas secas ou pepitas de chocolate. O purê de frutas é igualmente utilizado em inúmeras receitas de bolos sem manteiga e sem glúten.



Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares