Seis Mitos Sobre O Sono

que o podem estar a deixar mais cansado

Seis mitos sobre o sono que o podem estar a deixar mais cansado 

Se a vida das pessoas que sofrem de insónias já não é fácil, ter de ouvir todos os conselhos sobre o que devem ou não fazer para dormir melhor pode piorar ainda mais a situação.

Se sofre de insónias ou tem dificuldades em dormir, conheça as ‘crenças populares’ sobre o sono que podem ser responsáveis pelas suas noites mal dormidas, segundo o site Healthista.

Dormir a sesta deixa-o mais cansado. Se dormir a sesta o deixa mais cansado então não está a fazer as coisas bem. É o que defende a fisiologista especializada em sono Dra. Nerina Ramlakhan. O segredo está em fazer sestas controladas. As sestas de cinco a 20 minutos ajudam a compensar uma noite mal dormida e revitalizam o cérebro, fazendo com que acorde com ‘baterias recarregadas’.

Solução: Programe um despertador e não se aconchegue muito ou fique muito confortável, senão
não conseguirá acordar à hora programada.  

Dormir menos uma hora por noite não faz mal. Um estudo realizado pelo Dr. Michael Moseley analisou os efeitos de perder apenas uma hora de sono por noite e descobriu que as pessoas que dormiram menos essa hora tinham mais dificuldades em testes de agilidade mental no dia seguinte. E mais, depois de uma semana as análises ao sangue mostraram que os processos de inflamação, resposta imunitária e stress do corpo tornaram-se mais ativos. Houve até aumentos da atividade dos genes associado ao risco de diabetes e de cancro.

Solução: Coloque um alarme ou um lembrete no telemóvel 60 a 90 minutos antes da hora a que quer ir dormir para começar a desligar os aparelhos eletrónicos e iniciar a sua ‘rotina pré-sono’.

Dorme ao fim de semana para compensar. Cerca de 40% das pessoas não dorme as seis a nove horas recomendadas. Dormir a mais ao fim de semana pode ser um antidoto tentador mas apesar de ajudar a reduzir a sonolência e o stress, não vai ajudar a sua capacidade de concentração, sugere um estudo recentemente publicado no The American Journal of Physiology-Endocrinology. Aliás, as pessoas que dormiam horas a menos durante a semana mostraram baixos níveis de concentração, mesmo depois do sono de recuperação ao fim de semana.

Solução: Se dormiu pouco numa noite, tente recuperar na noite imediatamente a seguir. Apesar de não dar para compensar completamente, vai gerar menos problemas do que passar a semana a dormir pouco e tentar recuperar no fim de semana. Para habituar o seu corpo a descansar sempre as mesmas horas pode ainda tentar ir dormir e acordar sempre às mesmas horas, inclusive ao fim de semana.

Praticar exercício físico à noite prejudica o sono. Os estudos sugerem que até o exercício vigoroso antes de irem dormir não provoca problemas de sono para muitas pessoas e, em alguns casos, pode até ser benéfico.

Solução: Desde que se sinta relaxado na hora de ir dormir, praticar exercício físico à noite não deve interferir na qualidade do seu sono. Medite ou faça exercícios de respiração para se sentir mais relaxado antes de se deitar, isso vai ajudá-lo a adormecer mais facilmente.

Para algumas pessoas, poucas horas de sono bastam. Apesar de haver casos de pessoas que já comprovaram precisarem de dormir muito poucas horas por dia, os cientistas destacam que só 5% da população tem essa capacidade. E que isto se deve a uma mutação nos seus genes.

Solução: O melhor indicador para saber quantas horas é que precisa de dormir para estar bem é mesmo a forma como se sente no dia seguinte. Os sinais de que não está a dormir o suficiente podem incluir vontade de comer doces, hidratos de carbono ou de ingerir cafeína. Bem como ter muito sono ou vontade de voltar para a cama, claro. Tente adaptar as horas de sono com base nos sinais que o seu corpo lhe dá.

Se sofre de insónias, vá dormir cedo. Cerca de um terço da população sofre de insónias provocadas pelas preocupações e pelo stress. Um estudo descobriu que 38% das pessoas acha que a solução para a insónia passada por ir dormir mais cedo. Mas os especialistas recomendam que as pessoas que sofrem de insónias vão dormir tarde, mantendo-se acordadas até se sentirem suficientemente cansadas.

Solução: Vá dormir uma hora mais tarde do que vai normalmente para garantir que se sente mais cansado. Não se foque na necessidade que tem de dormir ou nas horas, quanto mais stressado estiver menos é a probabilidade de conseguir adormecer. Tente relaxar.

Artigos RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares